Dermolipectomia braquial (plástica no braço): o que você deve saber sobre a cirurgia?

Em países de clima quente, como o Brasil, os braços ficam a mostra quase o ano todo, o que pode se tornar um incômodo para quem não está satisfeito com os seus membros superiores devido ao excesso de pele ou até mesmo gordura. Nesses casos, o ideal é procurar por uma dermolipectomia braquial, ou seja, uma cirurgia plástica no braço.

Se você está enfrentando esse problema ou tem interesse em saber mais sobre o assunto, leia este artigo até o final. Nele, explicaremos como é feita a cirurgia no braço, quais são as indicações para esse tipo de procedimento, quais são as recomendações médicas para quem deseja fazer a intervenção e quais os resultados você pode esperar. Confira!

Como é feita a cirurgia plástica no braço?

A dermolipectomia braquial é uma cirurgia plástica feita na região que se estende da axila até o cotovelo com o objetivo de remover o excesso de pele ou gordura.

Quando há o excesso de gordura, pode ser feita uma lipoaspiração no braço a partir da axila. Já em casos de excesso de pele, o mais recomendado é uma incisão na parte interna do membro para a sua retirada.

Normalmente, o procedimento dura em torno de duas horas e não costuma apresentar complicações, desde que sejam cumpridas as recomendações antes e depois do procedimento.

Quais são as indicações da dermolipectomia braquial?

A parte posterior, ou interna, do braço é uma área do corpo que costuma acumular gordura além de ser um músculo menos exercitado normalmente. A falta de músculos fortes, associada ao excesso de flacidez e acúmulo de gordura, fazem com que, ao longo do tempo, haja uma tendência da perda de contorno, deixando com o aspecto indesejado.

A cirurgia plástica no braço é recomenda para pessoas que estão insatisfeitas com a sua estética. Isso acontece, principalmente, devido ao excesso de pele decorrente de um emagrecimento rápido, como em casos de cirurgia bariátrica, ou quando a pessoa tem oscilações de peso frequentes, o chamado efeito sanfona. Além disso, a flacidez costuma estar associada ao avanço da idade, que faz com que a pele perca a elasticidade.

A intervenção cirúrgica é indicada para casos em que a pele do braço apresenta dificuldade para retornar ao lugar ou quando a região acumula tanta gordura que apenas atividade física e uma alimentação regrada não dão conta de corrigir a estética.

Quais são os níveis de flacidez e possibilidades de cirurgia?

Chamamos de dermolipectomia braquial as cirurgias destinadas à correção estética dos braços. No entanto, o procedimento pode variar de acordo com o nível de flacidez em que se encontra a pele e a quantidade de gordura localizada na região.

Existem quatro diferentes casos de flacidez que são:

  • nível 1: não há flacidez e sim acúmulo de gordura na região braquial. O mais indicado nesse caso é a realização de uma lipoaspiração;
  • nível 2: acontece quando o braço apresenta flacidez e não tem aumento do nível de gordura. Recomenda-se a cirurgia de ressecção de pele sem a necessidade de lipoaspiração;
  • nível 3: é chamado assim quando há flacidez e aumento da quantidade de gordura localizada no braço. Nesses casos, podem ser combinadas a lipoaspiração com a ressecção da pele;
  • nível 4: apresenta grande acúmulo de gordura e flacidez extensa desde a axila até a região próxima ao cotovelo. O ideal é associar a dermolipectomia com a cirurgia plástica da axila.

Quais são os cuidados pré e pós operatório?

Como vimos, a cirurgia plástica no braço não costuma apresentar complicações. No entanto, em alguns casos, os pacientes podem apresentar problemas como hematomas, abertura dos pontos, seromas, quelóides (cicatrizes elevadas na região que sofreu intervenção), infecção, necrose (morte das células que causa o sofrimento da pele) ou outros sintomas relacionados.

banner clínica integrada de cirurgia plástica

Para evitar tais complicações, é muito importante que o paciente siga corretamente os cuidados pré e pós-operatórios de acordo com a recomendação médica. Saiba quais são as medidas necessárias em ambos os casos a seguir!

Pré-operatório

Antes de se submeter a uma dermolipectomia braquial, é importante conversar com seu médico e informar sobre o uso de medicamentos como anticoncepcionais e anticonvulsivantes, vitaminas ou outras drogas. Além disso, pacientes fumantes devem evitar fazer uso do cigarro pelo menos duas semanas antes da data da cirurgia.

O médico responsável deve solicitar os exames necessários, investigar a saúde e as condições do paciente para se submeter a uma cirurgia e orientar sobre a necessidade de jejum.

A exposição solar também deve ser evitada, principalmente na área que será operada. Também é preciso manter uma dieta equilibrada, pois a falta de nutrientes pode acabar prejudicando os resultados da cicatrização.

Em geral, pessoas de qualquer idade podem se submeter à plástica no braço — com exceção de grávidas e pessoas em um grau avançado de obesidade.

Pós-operatório

Imediatamente após a cirurgia, o paciente deve evitar fazer movimentos bruscos com os braços e retomar a rotina aos poucos. É importante não fazer esforço físico ou mesmo dirigir dentro do período de 30 dias. Também não é recomendado se expor ao sol até que a ferida cicatrize por completo. Depois disso, use sempre filtro solar.

É preciso ter atenção na hora do banho e ter cuidado redobrado com os curativos, pois são eles que ajudarão no processo de cicatrização. Ademais, o médico prescreverá medicamentos que reduzam o desconforto e as dores no período pós-cirúrgico

Como lidar com as expectativa e quais resultados esperar?

Ao se decidir por uma plástica no braço, é muito importante conversar com o seu médico sobre suas expectativas e quais são as possibilidade reais de resultados, levando em conta que a intervenção pode deixar uma cicatriz.

Em geral, a dermolipectomia braquial apresenta resultados satisfatórios, desde que seguidas as recomendações feitas durante todo o processo e, após cerca de 1 ano depois, os resultados já serão definitivos.

Neste artigo, você pôde conhecer um pouco mais sobre a dermolipectomia braquial e quando ela é indicada. Ao se decidir por uma cirurgia plástica no braço, procure uma clínica especializada e leve em consideração as suas necessidades e o custo-benefício de passar por uma intervenção.

De uma forma geral, as cirurgias plásticas ajudam na autoestima, autoaceitação e também a forma como você lida consigo mesmo. Quer saber mais sobre o assunto? Leia nosso conteúdo sobre como melhorar a autoestima pós-bariátrica com a cirurgia plástica!

A realização de cirurgias plásticas está cada vez mais comum, segura e acessível. Por essa razão, cada vez mais pessoas recorrem a um cirurgião plástico para melhorar aspectos que não estão agradando em seus corpos.
Dr. Lecy Marcondes

DR. Lecy Marcondes

Dr Lecy Marcondes Cabral, Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, Fellow do Colégio Internacional de Cirurgiões, 35 anos de profissão, graduou-se, em 1982, em medicina pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre, em Minas Gerais:

  • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
  • Integra o Corpo Clínico do Hospital e Maternidade São Luiz e do Hospital Israelita Albert Einstein.
  • Pesquisador na área de Cirurgia Plástica
  • Premiado nos Fóruns de Pesquisa do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Autor de capítulos de livros publicados nas áreas de cirurgia e cirurgia plástica.
  • Diretor e Responsável da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica São Paulo.

0 Comentários

  1. Avatar
    Cidasays:

    Amei a reportagem estou ralando pra poder ter o dinheiro, pelo menos do cirurgião, hospital parcelo no cartão

  2. Avatar
    Valdirene Ferreirasays:

    Fiz essa cirurgia do braço fiquei com quelóide e ainda tem muita flacidez ,está horrível e agora não tenho mais dinheiro para tentar concertar ?

  3. Avatar
    Céliasays:

    Adorei as explorações tenho muita vontade de fazer.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Open chat