Descubra o que é Fio Russo e como ajuda no rejuvenescimento

Há muitos anos, quem estivesse insatisfeito com a sua aparência ou com o efeito do envelhecimento natural não tinha muito o que fazer além de aceitar. Hoje, felizmente, com o avanço da medicina e das técnicas de cirurgia plástica, já existem diversos procedimentos capazes de retardar o envelhecimento da pele e até alterar alguns traços.

O avanço da idade faz com que a pele não seja mais a mesma. A perda de elasticidade e do colágeno faz com que o tecido apresente um visual flácido e envelhecido, o que acaba dando uma aparência de mais idade. E nem todo mundo quer isso, não é mesmo?

Uma das formas de reverter os efeitos do envelhecimento da pele é o fio russo. Trata-se uma tecnologia que foi remodelada e, hoje, apresenta resultados muito satisfatórios, podendo ser usada no rosto e em outras partes do corpo.

Você conhece essa técnica? Neste post, vamos falar do efeito de rejuvenescimento do fio russo, como o procedimento é feito e, ainda, quais são os benefícios de realizá-lo. Confira!

O que é fio russo?

O fio russo é uma técnica antienvelhecimento facial que recebeu esse nome por causa de seu criador, o cirurgião plástico russo Marlen Sulamanidze. Trata-se de um procedimento estético relativamente simples, mas que deve ser feito por cirurgiões plásticos. O seu principal objetivo consiste em aumentar a sustentação da pele nas áreas em que ela está mais flácida.

O procedimento é realizado a partir da incisão de um fio — que pode ser de diferentes materiais — sob a pele, em camadas mais profundas de gordura. A ideia é que a pele seja puxada para trás, disfarçando as linhas de expressão e a flacidez. Para que isso funcione, o fio é preso em uma superfície mais alta e escondida com pequenas garras.

Essa é uma técnica com resultados satisfatórios e que, por conta da facilidade e da rápida recuperação, está se tornando muito indicada por cirurgiões e bem-aceita por pessoas que estão em busca de ter mais harmonia facial sem passar por outros procedimentos mais invasivos.

Indicações

O rejuvenescimento do fio russo pode ser utilizado em diversas áreas do corpo, tais como:

  • Rosto: foco principal da cirurgia, tem o objetivo de eliminar rugas e linhas de expressão, deixando um acabamento impecável;

  • Nariz: também pode auxiliar no procedimento de rinoplastia;

  • Sobrancelhas: o fio russo ajuda a erguer a sobrancelha, eliminando o aspecto de olhar triste e deixando a região arqueada;

  • Mamas: tem objetivo de erguer as mamas de mulheres com flacidez devido à gravidez ou grandes perdas de peso;

  • Glúteos: também conhecido como “fio levanta bumbum”, tem como objetivo erguer os glúteos de forma natural, influenciando também na correção da postura corporal.

Tipos de fio

Nos anos 90, um tipo de fio fez bastante sucesso nos procedimentos de rejuvenescimento: os fios de ouro ou à base de materiais metálicos. Apesar dos resultados positivos, esse tipo de material não era absorvível pelo rosto, o que, com o tempo, poderia causar alguns inconvenientes, como a oxidação, deixando uma sombra esverdeada.

Hoje, existem os fios de PDO (polidioxanona), que são absorvíveis pelo corpo humano. Isso é uma vantagem, pois o risco de rejeição é praticamente zero e, além disso, com o passar dos anos, o corpo absorve o material sem causar nenhum dano à saúde ou à aparência.

Como é feito o procedimento de rejuvenescimento do fio russo?

O procedimento para a inserção do fio russo nas camadas de gordura deve ser feito por um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, em uma clínica com infraestrutura adequada.

Para se submeter ao procedimento, o paciente precisa passar por alguns exames básicos que atestem as condições mínimas de saúde e também pelo coagulograma, visando identificar se o sangue do paciente tem condições de coagular e evitar hemorragias.

No dia da colocação do fio russo, o paciente receberá uma anestesia local, e o médico fará um pequeno corte no lugar onde ocorrerá a inserção. O fio — ou fios, dependendo da necessidade estética do paciente — será inserido entre a pele e a camada de gordura. Em seguida, o profissional deverá posicioná-lo na direção exata que a pele deverá seguir.

Após o término da inserção, já será possível notar alguma diferença, mas o resultado definitivo só será perceptível a partir de 30 dias. Isso ocorre porque, como reação do corpo, há um aumento na produção de colágeno e elastina, que resulta em mais firmeza da pele, deixando a aparência ainda mais jovem.

banner clínica integrada de cirurgia plástica

A durabilidade dos resultados depende de uma série de fatores. Um deles consiste nos hábitos adotados pelo paciente, já que não se recomenda a exposição excessiva ao sol, o uso de cigarro ou mudanças muito bruscas de peso. Também é preciso seguir à risca as orientações médicas. Por fim, dependendo do caso, mais fios podem ser necessários para proporcionar um resultado melhor.

Quais são os benefícios da técnica?

O fio russo, além de ótimos resultados no que diz respeito à melhora da firmeza e elasticidade da pele, também apresenta outras vantagens, tais como:

  • aplicação de anestesia local, permitindo que o paciente possa voltar para casa logo após a cirurgia;

  • rápida recuperação, pois, em até 24 horas, já é possível retomar as atividades;

  • resultado imediato, permitindo notar diferenças na pele em apenas algumas horas após o procedimento;

  • ausência de cicatrizes visíveis, uma vez que os cortes são mínimos e em locais discretos;

  • boa aceitação do organismo, o que evita complicações;

  • estímulo à produção de colágeno, melhorando a firmeza da pele;

  • procedimento indolor;

  • tranquilidade no período pós-operatório, sendo necessário seguir as recomendações médicas;

  • possibilidade de ser realizado em pessoas idosas, diferentemente de outros procedimentos estéticos.

Todos esses benefícios do fio russo só podem ser aproveitados caso você escolha uma clínica com boa reputação na área e um cirurgião que esteja apto para realizar tal procedimento. Com isso, o rejuvenescimento por meio da técnica será mais palpável e você terá a harmonia facial novamente.

Ficou na dúvida sobre o procedimento, suas indicações, vantagens e resultados? Entre em contato conosco agora mesmo! Estaremos prontos para responder.

A realização de cirurgias plásticas está cada vez mais comum, segura e acessível. Por essa razão, cada vez mais pessoas recorrem a um cirurgião plástico para melhorar aspectos que não estão agradando em seus corpos.
Dr. Lecy Marcondes

DR. Lecy Marcondes

Dr Lecy Marcondes Cabral, Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, Fellow do Colégio Internacional de Cirurgiões, 35 anos de profissão, graduou-se, em 1982, em medicina pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre, em Minas Gerais:

  • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
  • Integra o Corpo Clínico do Hospital e Maternidade São Luiz e do Hospital Israelita Albert Einstein.
  • Pesquisador na área de Cirurgia Plástica
  • Premiado nos Fóruns de Pesquisa do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Autor de capítulos de livros publicados nas áreas de cirurgia e cirurgia plástica.
  • Diretor e Responsável da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica São Paulo.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Open chat