Mitos e verdades sobre o Botox que você precisa conhecer

Provavelmente, você já deve ter ouvido falar do Botox, não é verdade? Com frequência, esse procedimento costuma gerar dúvidas, pois muita gente já ouviu falar sobre ele, mas não sabe realmente o que é e como funciona.

Conhecido por sua ação estética no tratamento de rugas e de marcas de expressão, ele possibilita resultados visíveis e satisfatórios, melhorando a autoestima de quem deseja uma aparência mais jovem.

Entretanto, engana-se quem pensa que o Botox serve apenas para melhorar a aparência. Sua utilização vai muito além: ele também tem fins terapêuticos e pode ser usado no controle de dores crônicas, de suor excessivo e até em casos de paralisia.

Pensando nisso, neste artigo, explicamos o que é essa substância, quais são seus vários benefícios e ainda alguns mitos e verdades sobre o Botox que você deve conhecer. Ficou interessado? Então, continue a leitura e confira!

O que é o Botox

O nome oficial do Botox é toxina botulínica. Essa substância é produzida a partir de uma proteína derivada da bactéria Clostridium botulinum. Devido à sua capacidade de relaxar a musculatura, é usada em vários tratamentos médicos e estéticos.

Quando injetada, a toxina botulínica age como um bloqueador neuromuscular, ou seja, impede, parcial ou totalmente, a contração do músculo. Vale ressaltar ainda que, hoje em dia, a aplicação do Botox é o procedimento não cirúrgico mais realizado no mundo.

Benefícios do uso do Botox

Em decorrência da sua popularização, existem muitas informações disponíveis, inclusive vários mitos e verdades sobre o Botox. O que muita gente não conhece são os seus benefícios, que, como mencionamos, vão muito além de um tratamento estético para amenizar rugas e linhas de expressão. A seguir, confira mais informações sobre ele!

Pode ser usado como tratamento preventivo

Com o tempo, a constante movimentação dos músculos faciais faz com que a pele fique marcada. Nesse sentido, o Botox pode evitar que isso aconteça, já que diminui a força de contração da musculatura e, no longo prazo, impede que as rugas sejam provocadas. Dessa forma, o uso da toxina botulínica é recomendado como método preventivo, pois evita o surgimento de rugas mais profundas.

Sua aplicação é prática

Diferentemente das cirurgias plásticas que exigem pré e pós-operatório, a aplicação do Botox é muito simples e rápida. O procedimento é realizado, no consultório mesmo, por um profissional especializado. Ele é aplicado por meio de injeções com agulhas ultrafinas que não causam hematomas, e o desconforto é muito pequeno.

É um ótimo complemento

Pacientes que apresentam rugas nas regiões dos olhos e da testa ou flacidez no rosto e no pescoço e que são candidatos a cirurgias plásticas para correção podem potencializar e complementar o resultado com o uso do Botox. Ele age como complemento terapêutico de cirurgias como a blefaroplastia (cirurgia das pálpebras) e o facelift (cirurgia de rejuvenescimento facial).

Pode ser utilizado para outras finalidades médicas

No Brasil, a toxina botulínica é usada para fins terapêuticos desde 1992, sendo que as primeiras indicações foram para tratamentos de estrabismo e de blefaroespasmos (ação de piscar excessivamente). Hoje em dia, o Botox é usado para tratar doenças como bexiga hiperativa, cefaleia, paralisias e hiperidrose.

Nesse contexto, convém ressaltar que a hiperidrose é uma doença caracterizada pelo suor excessivo, mesmo quando a pessoa está em repouso. Para essa condição, o Botox é aplicado em regiões com alta concentração de glândulas sudoríparas — mãos, pés e axilas — e desestimula a produção de suor, reduzindo a transpiração por até 10 meses.

banner clínica integrada de cirurgia plástica

Mitos e verdades sobre o Botox

Como falamos, a toxina botulínica é o procedimento não cirúrgico mais pedido em consultórios. Devido a essa popularização, várias dúvidas acabam surgindo. Mas, será que o que falam é verdade? Confira alguns mitos e verdades sobre o Botox e fique bem informado!

“Botox é a mesma coisa que preenchimento”

Mito. Embora os dois procedimentos tenham por finalidade o combate ao envelhecimento da pele, eles são diferentes. O Botox serve para amenizar rugas e linhas de expressão por meio do relaxamento muscular.

Por sua vez, o preenchimento consiste na injeção de substâncias, como o ácido hialurônico, para preencher rugas e dar mais volume ao rosto. Apenas um cirurgião plástico pode dizer qual o mais indicado para cada paciente.

“O efeito do Botox demora alguns dias para aparecer”

Verdade. O efeito do Botox demora cerca de 48 a 72 horas para aparecer e atinge seu potencial máximo em duas semanas após a aplicação. Para começar a notar os resultados, é necessário aguardar esse período e dar tempo para os músculos se acomodarem.

“O efeito do Botox é permanente”

Mito. Nas mulheres, o efeito dura cerca de 4 a 6 meses. Em homens, por sua musculatura ser mais forte, pode durar até 4 meses. Sendo assim, não é um processo definitivo e é necessário fazer uma nova aplicação após esse período.

“O Botox deixa a pessoa sem expressão”

Mito. Dentre os mitos e verdades sobre o Botox, esse é o que mais levanta dúvidas. A toxina botulínica é aplicada apenas no músculo que está formando a ruga. O relaxamento dependerá da dosagem e da necessidade de cada paciente.

A qualidade do resultado está diretamente relacionada ao profissional que fará a aplicação. Por isso, é muito importante procurar um médico especializado para que ele faça a simetria do rosto e o deixe mais harmonioso.

“O Botox oferece outros benefícios além do rejuvenescimento facial”

Verdade. Como foi dito no decorrer do artigo, quando aplicado em pessoas mais jovens, além de corrigir rugas, o Botox pode prevenir o aparecimento delas. Além disso, pode ser usado no tratamento de dores crônicas como enxaquecas e até para o alívio de depressão. O uso do Botox na medicina é muito versátil e tem apresentado resultados satisfatórios.

“Não existe idade mínima para fazer esse tratamento”

Verdade. Não existe uma idade certa para iniciar a aplicação do Botox, afinal, algumas pessoas tendem a apresentar rugas mais cedo do que outras — geralmente quem tem a pele mais clara e fina. O ideal é procurar um especialista para indicar o melhor momento, pois, se for o caso, a toxina pode ser aplicada com o intuito preventivo.

“A aplicação do Botox é dolorida”

Mito. O procedimento é praticamente indolor, pois as agulhas utilizadas são muito finas. Para pessoas muito sensíveis, o médico pode aplicar um anestésico local a fim de deixar o paciente mais confortável. A aplicação é muito simples, rápida e quase sem nenhum efeito colateral.

Agora que os mitos e verdades sobre o Botox foram esclarecidos, é necessário ressaltar a importância de procurar uma clínica especializada e de qualidade para fazer a aplicação. Esse procedimento deve ser realizado por um profissional com conhecimento em anatomia muscular e que saiba harmonizar a simetria do rosto para que o resultado seja o melhor possível.

Então, o que achou do nosso artigo? Compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais e ajude seus amigos a esclarecerem dúvidas sobre a aplicação do Botox!
 

A realização de cirurgias plásticas está cada vez mais comum, segura e acessível. Por essa razão, cada vez mais pessoas recorrem a um cirurgião plástico para melhorar aspectos que não estão agradando em seus corpos.
Dr. Lecy Marcondes

DR. Lecy Marcondes

Dr Lecy Marcondes Cabral, Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, Fellow do Colégio Internacional de Cirurgiões, 35 anos de profissão, graduou-se, em 1982, em medicina pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre, em Minas Gerais:

  • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
  • Integra o Corpo Clínico do Hospital e Maternidade São Luiz e do Hospital Israelita Albert Einstein.
  • Pesquisador na área de Cirurgia Plástica
  • Premiado nos Fóruns de Pesquisa do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Autor de capítulos de livros publicados nas áreas de cirurgia e cirurgia plástica.
  • Diretor e Responsável da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica São Paulo.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Open chat