O que é rinoplastia? Saiba tudo sobre essa cirurgia!

A busca pela aparência dos sonhos acaba levando milhares de pessoas a uma cirurgia plástica, seja reparadora ou estética. Uma das principais intervenções e também a mais procurada no Brasil é a rinoplastia, a cirurgia plástica no nariz. Esse procedimento tem como objetivo melhorar a estética de pontos de mais destaque do rosto e corrigir problemas anatômicos que prejudicam a respiração.

Então, se você quer fazer alguma correção na estrutura do nariz, este artigo é para você! Nele vamos explicar o que é rinoplastia, quais as suas indicações, como é feito o procedimento e se há algum risco. Se você quer saber mais sobre o assunto, não deixe de ler este artigo até o final. Boa leitura!

O que é rinoplastia?

A rinoplastia é uma intervenção cirúrgica que tem como principal objetivo alterar o nariz, remodelando a estética e também sua anatomia quando há problemas relacionados à respiração.

A rinoplastia se tornou popular no século 20. No entanto, existem relatos de intervenções na região nasal datados de 800 anos a.C. Com o passar do tempo, a cirurgia adotou padrões rígidos de qualidade e passou a respeitar a individualidade de cada rosto, levando em conta o tipo de pele, etnia, formato do rosto e gosto do paciente.

Em quais casos a cirurgia é indicada?

De forma geral, a cirurgia plástica no nariz é indicada para qualquer pessoa que tenha mais de 15 anos e que não apresente problemas de saúde que impeçam a realização do procedimento.

Como vimos, a rinoplastia é procurada tanto para melhorar a harmonia do rosto, conferindo a proporção adequada ao nariz em relação aos outros traços, como também para corrigir problemas que afetam a respiração.

As áreas que normalmente passam por correção são a parte dorsal, a ponta, o septo e as narinas. Para entender melhor os casos, vamos conhecer melhor as situações em que o paciente pode optar pelo procedimento.

Estética

A cirurgia com fins estéticos pode partir de algumas motivações. Confira cada uma delas a seguir!

Redução

Acontece quando o nariz apresenta uma estrutura grande em relação ao formato de rosto ou quando o seu formato (alargado, comprido, pontudo) afeta a autoestima do paciente.

Aumento

Quando há uma má-formação da estrutura nasal, perda de parte do nariz devido a acidentes, subdesenvolvimento nasal congênito, cirurgias anteriores mal executadas ou quando ele não corresponde com a harmonia facial do paciente.

Cirurgia étnica

É um tipo de cirurgia que tem como objetivo melhorar a estética das pessoas pertencentes de grupos étnicos que têm como característica um nariz com curvas mais suaves ou de tamanho maior (africanos, asiáticos, orientais e povos da Oceania). A cirurgia melhora os traços, mantendo a identidade étnica da pessoa.

banner clínica integrada de cirurgia plástica

Correção de traços

O procedimento visa melhorar a aparência do nariz, melhorando seus traços. É o caso da correção de columela (parte inferior), quando a pessoa apresenta nariz torto ou tem o nariz caído (em que a ponta se volta para baixo quando sorri).

Condições ligadas à saúde

A seguir, algumas condições anatômicas do nariz que podem ser corrigidas com a rinoplastia, melhorando a qualidade de vida do paciente.

Desvio do septo

O septo é aquela cartilagem localizada entre as duas narinas. Quando ele tem um desvio, a condição pode causar problemas como apneia do sono, roncos em excesso, dificuldade na respiração, dor de cabeça e sangramentos nasais.

Carne esponjosa

A carne esponjosa é responsável por umidificar o ar que entra nas narinas. Quando há um aumento dessa estrutura, há chances de ocorrer problemas para respirar, podendo causar roncos e inflamações no ouvido.

Sinusite

A sinusite é uma inflamação nos seios da face que causam dificuldade respiratória e dor de cabeça. Apesar de não ser tão comum, o problema pode ser corrigido por uma cirurgia no nariz, sobretudo quando há questões estéticas envolvidas.

Como é feita uma cirurgia plástica no nariz?

Agora que já sabemos o que é uma rinoplastia e para quais casos ela é indicada, vamos conhecer o modo como é feita essa intervenção cirúrgica.

Basicamente, a rinoplastia é feita de duas formas:

  • rinoplastia aberta  o cirurgião realiza o procedimento fazendo uma incisão na base do nariz e em cada uma das narinas. Esse tipo apresenta uma pequena cicatriz que desaparece durante a recuperação;
  • rinoplastia fechada  é uma técnica que demanda experiência, pois as incisões são feitas apenas dentro das narinas.

Existe algum risco na realização da rinoplastia?

De maneira geral, a rinoplastia é considerado um procedimento cirúrgico seguro. No entanto, existem alguns riscos associados como sangramento, lesões no septo, inchaço na região dos olhos, problemas de pele e obstrução da respiração.

Para evitar complicações, é fundamental seguir algumas recomendações antes e após a cirurgia. Confira quais são!

Cuidados pré-operatórios

  • realizar os exames solicitados;

  • suspender o uso de anticoagulantes e aspirinas por 7 dias antes da operação;

  • não realizar a cirurgia caso haja algum sinal de infecção no corpo;

  • não consumir bebidas alcoólicas e nem fumar no período que antecede a cirurgia;

  • realizar uma dieta equilibrada;

  • avisar sobre atraso menstrual ou a possibilidade de gravidez;

  • fazer jejum de 8 horas antes do procedimento.

Cuidados pós-operatórios

  • manter o repouso absoluto nos primeiros 7 dias;

  • utilizar soros ou descongestionantes para facilitar a respiração;

  • alimentar-se à base de alimentos pastosos e sopas;

  • não se expor ao sol nos primeiros dias e depois sempre usar o protetor solar;

  • ter atenção à posição de dormir. O recomendado é de barriga para cima e com a cabeça alta.

De maneira geral, seguindo esses cuidados o procedimento correrá bem e, a partir de 30 dias, já será possível ver os primeiros resultados. O resultado definitivo deve aparecer entre 6 meses e um ano.

Agora que você já sabe o que é rinoplastia, também é importante saber que é preciso conversar com o seu cirurgião plástico para saber das suas condições e quais expectativas deve ter em relação aos resultados da intervenção. Por isso, a escolha de profissionais capacitados e confiáveis é determinante para a realização de um procedimento seguro e que atenda ao seu objetivo.

E aí, o que achou deste artigo? Se você quer saber mais sobre o assunto, acesse o nosso conteúdo com 8 tipos de cirurgias plásticas que você precisa conhecer!

A realização de cirurgias plásticas está cada vez mais comum, segura e acessível. Por essa razão, cada vez mais pessoas recorrem a um cirurgião plástico para melhorar aspectos que não estão agradando em seus corpos.
Dr. Lecy Marcondes

DR. Lecy Marcondes

Dr Lecy Marcondes Cabral, Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, Fellow do Colégio Internacional de Cirurgiões, 35 anos de profissão, graduou-se, em 1982, em medicina pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre, em Minas Gerais:

  • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
  • Integra o Corpo Clínico do Hospital e Maternidade São Luiz e do Hospital Israelita Albert Einstein.
  • Pesquisador na área de Cirurgia Plástica
  • Premiado nos Fóruns de Pesquisa do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Autor de capítulos de livros publicados nas áreas de cirurgia e cirurgia plástica.
  • Diretor e Responsável da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica São Paulo.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Open chat