6 dicas para acabar com a gordura localizada!

Se olhar no espelho e dar de cara com gordurinhas que não gostaria que estivesse ali é, sem dúvidas, uma das queixas mais frequentes em relação ao corpo, tanto por parte dos homens quanto pelas mulheres. A chamada gordura localizada é o acúmulo de tecido adiposo, os famosos “pneuzinhos”, que ocorrem principalmente em pessoas magras, com o peso considerado normal, ou que passaram por uma grande perda de peso, como com a cirurgia bariátrica.

Esse tipo de problema é mais comum na região do abdômen, culotes, costas, parte interna da coxa e braços. A boa notícia é que, apesar de difícil, é possível acabar com a gordura localizada. Ainda não sabe como? Neste artigo, vamos dar 6 dicas valiosas para exterminar com esse incômodo de vez! Está preparado? Vamos lá!

1. Esteja atento à sua alimentação

Ter uma alimentação equilibrada é um dos principais fatores que garantem uma boa saúde aliada à boa forma física. Da mesma forma, uma alimentação que não é saudável, rica em açúcar, produtos industrializados, gordura trans e sódio pode contribuir para o aparecimento de doenças e também favorecer o acúmulo de gordura.

De uma maneira geral, uma alimentação balanceada deve partir dos seguintes princípios:

  • preferir carboidratos de baixo índice glicêmico, como tubérculos em geral, e acrescentar produtos integrais à sua rotina;
  • priorizar o consumo de proteínas magras, como peixes, peito de frango patinho bovino, ovos e queijos magros;
  • inserir as chamadas gorduras boas, como abacate, castanhas, azeite de oliva ou óleo de coco nas refeições, já que ajudam na saciedade e regulam o metabolismo;
  • acrescentar porções de frutas e vegetais ao longo do dia, pois são importantes fontes de vitaminas e sais minerais;
  • incluir fibras na dieta, visto que ajudam no trato gastrointestinal;
  • tomar a quantidade de água recomendada para o seu peso;
  • evitar o consumo de produtos industrializados, pois são ricos em açúcares e sódio.

Quem quer passar por uma reeducação alimentar, adquirir novos hábitos de alimentação e perder gordura localizada deve procurar um nutricionista, que fará uma dieta de acordo com a sua necessidade e individualidade biológica.

2. Pratique exercícios físicos

A segunda dica para acabar com a gordura localizada é praticar exercícios físicos com regularidade. A atividade física, quando parte de uma rotina, é benéfica tanto para a mente, devido à liberação de hormônios ligados ao prazer e a satisfação, como também para o bem-estar físico.

Além da gordura localizada, a atividade física promove a perda de peso saudável, reduz o risco de doenças cardiovasculares e hipertensão, diminui o colesterol e o diabetes, acelera o metabolismo, fortalece os ossos e articulações e, ainda, melhora a autoestima.

As atividades aeróbicas, como corrida, bicicleta, dança e esportes coletivos, melhoram o condicionamento físico e aceleram a queima de gordura. Já os exercícios voltados para o ganho muscular, como a musculação ou o Crossfit, promovem o fortalecimento dos músculos e a diminuição da flacidez.

Com isso, o ideal é buscar uma atividade que você se identifique, sinta prazer em praticar e que possa fazer parte da sua rotina.

banner clínica integrada de cirurgia plásticaPowered by Rock Convert

3. Descanse o tempo adequado

Ter uma boa noite de sono, além de reparador ajuda na manutenção do peso corporal. Isso ocorre porque quando não dormimos a quantidade ideal para o nosso corpo, há um aumento dos níveis de cortisol, hormônio ligado ao estresse, que favorece o acúmulo de gordura, principalmente na região abdominal.

Por isso, se você quer acabar com a gordura localizada, procure reduzir o estresse, dormir o tempo adequado e praticar atividades relaxantes.

4. Recorra a procedimentos estéticos

Alguns procedimentos estéticos podem ser aliados à alimentação saudável e à prática de atividade física na eliminação do tecido adiposo acumulado. O tipo de procedimento vai depender de onde a gordura se encontra alojada e da sua quantidade. Alguns dos principais são:

  • aanthus;
  • criolipólise;
  • drenagem linfática;
  • cremes redutores;
  • massagem modeladora;
  • radiofrequência;
  • carboxiterapia.

5. Procure um médico

Em alguns casos, é recomendado procurar por médicos especialistas para investigar problemas hormonais ou outras disfunções físicas, que estejam atrapalhando a perda de gordura localizada. O médico pedirá exames e indicará o melhor caminho para possibilitar a redução do percentual de gordura corporal.

6. Considere uma cirurgia plástica

Quando a presença da gordura incomoda e os outros caminhos não surtiram o efeito desejado, pode ser a hora de considerar uma cirurgia plástica. As cirurgias, que não tem como objetivo o emagrecimento, e sim um redesenho corporal, são alternativas para melhorar a autoestima e alcançar o corpo desejado.  As principais intervenções cirúrgicas para acabar com a gordura localizada são:

  • abdominoplastia: reduz o volume do abdômen, retirando a pele e a gordura excedente, e restaurando os músculos da região;
  • lipoaspiração: é a retirada de gordura de um ou mais pontos específicos do corpo por meio da sucção;
  • lipoescultura: faz o mesmo processo da lipoaspiração e em seguida realiza a lipoenxertia, ou seja, utiliza a gordura excedente para fazer aplicações em outras regiões do corpo que tenha menor volume;
  • hidrolipo: é uma lipoaspiração realizada com anestesia local, ideal para áreas menores.

Essas cirurgias plásticas são recomendadas apenas para indivíduos que apresentem boas condições de saúde, não fumantes, que estejam com o IMC (índice de massa corpórea) próximo do ideal, e que tenha expectativas realistas em relação aos resultados do procedimento.

É importante destacar também que o sucesso do procedimento e a obtenção dos resultados esperados depende do cumprimento das recomendações pós-operatórias que, em geral, são:

  • repouso;
  • alimentação equilibrada;
  • ingestão dos medicamentos solicitados;
  • uso de roupas de compressão, quando necessário;
  • manutenção de hábitos saudáveis de vida;
  • cautela com a exposição solar;
  • cuidado com a cicatrização da pele;
  • prática de atividades físicas, após o período predeterminado pelo médico;
  • acompanhamento médico.

Agora que você já sabe as principais dicas para acabar com a gordura localizada, procure orientação médica adequada e, em conjunto, decida qual a melhor forma de ter o contorno corporal mais agradável para melhorar a sua imagem diante do espelho.

E aí, gostou deste conteúdo? Quer ficar por dentro de mais assuntos ligados a eliminação de gordura e cirurgia plástica? Siga nossas redes sociais agora mesmo! Estamos no Facebook e também no Instagram.

A realização de cirurgias plásticas está cada vez mais comum, segura e acessível. Por essa razão, cada vez mais pessoas recorrem a um cirurgião plástico para melhorar aspectos que não estão agradando em seus corpos.Powered by Rock Convert
Dr. Lecy Marcondes

DR. Lecy Marcondes

Dr Lecy Marcondes Cabral, Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, Fellow do Colégio Internacional de Cirurgiões, 35 anos de profissão, graduou-se, em 1982, em medicina pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre, em Minas Gerais:

  • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
  • Integra o Corpo Clínico do Hospital e Maternidade São Luiz e do Hospital Israelita Albert Einstein.
  • Pesquisador na área de Cirurgia Plástica
  • Premiado nos Fóruns de Pesquisa do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Autor de capítulos de livros publicados nas áreas de cirurgia e cirurgia plástica.
  • Diretor e Responsável da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica São Paulo.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Navegação