7 estratégias incríveis para eliminar a flacidez e excesso de pele

É bastante comum sentir a pele envelhecida e mais fina depois de passar por um tratamento de perda de peso. Isso ocorre porque, ao engordar, a pele sofre uma distensão provocada pelo aumento do tecido adiposo. Assim, quando eliminamos o excesso de gordura, as fibras colágenas e elásticas perdem a capacidade de retração, tornando a pele mais flácida.

Todo o corpo sofre, mas algumas áreas são mais suscetíveis, como rosto, abdômen, coxa, glúteos e braços. Portanto, é importante mudar alguns hábitos de vida para eliminar flacidez e excesso de pele. Além disso, existem alguns procedimentos cirúrgicos que são capazes de auxiliar nesse processo, tornando a saúde e a autoestima mais elevadas.

Neste post, vamos apresentar 7 estratégias para eliminar a flacidez e o excesso de pele, além de mostrar quais são os procedimentos cirúrgicos indicados. Confira!

Como eliminar flacidez e excesso de pele?

1. Alimente-se bem

Um dos passos essenciais para diminuir o excesso de pele é manter uma alimentação saudável e balanceada, com a ingestão de hortaliças, cereais, frutas e vegetais. Esses alimentos são ricos em nutrientes e vitamina C, importantes para a beleza da pele.

A vitamina C é encontrada em determinados alimentos, como a laranja e a cenoura. Uma boa forma de inclui-los no cardápio é por meio de sucos e saladas. Além disso, para reafirmar o músculo e tensionar a pele, é necessário nutrir esses tecidos, e a melhor maneira é por meio de proteínas, sejam animais, sejam vegetais.

Entretanto, é importante escolher uma proteína magra, ou seja, aquela que será saudável e que favorecerá o endurecimento da pele flácida. Por isso, lembre-se de incluir, no cardápio, peixes, ovos, leguminosas e abacate.

2. Pratique exercícios físicos

Para tonificar e fortalecer a musculatura, praticar exercícios físicos é fundamental. Assim, os exercícios que mais podem ajudar são aqueles praticados com pesos. Parte interna dos braços, glúteos, coxa e abdômen devem ser trabalhados com movimentos específicos.

Por isso, é importante procurar uma academia ou ter ajuda de um instrutor de educação física para auxiliar nas atividades. Além disso, é necessário realizar aeróbicos moderados para o fortalecimento do sistema cardiorrespiratório e para garantir o envio de nutrientes importantes para a saúde da pele.

3. Beba bastante água

Manter uma boa hidratação da pele pode ajudar a preservar a sua elasticidade, pois as fibras de colágeno são renovadas, o que é essencial para mantê-la tonificada e firme.

Ademais, melhora a circulação e impede o inchaço provocado pela retenção de líquido. O ideal é ingerir cerca de 2 litros de água por dia. Logo, beba um pouco a cada meia hora. Além disso, caso você prefira outra bebida, opte pelos sucos naturais, pelas infusões ou por chás.

4. Faça hidroginástica

A hidroginástica elimina o excesso de pele e a flacidez, pois a água impõe um peso extra aos movimentos corporais, sendo semelhante aos exercícios de musculação, mas com menos riscos de lesões.

banner clínica integrada de cirurgia plásticaPowered by Rock Convert

Além disso, diminui o estresse, auxilia no emagrecimento saudável, melhora o condicionamento físico e combate a osteoporose. O ideal é praticar de 3 a 5 vezes por semana com a supervisão de um profissional da área.

5. Não fume

Parar com o hábito de fumar é muito importante para o processo de eliminação da flacidez da pele. Isso porque cada cigarro apresenta diversas substâncias tóxicas em sua composição, comprometendo, por até 90 minutos, a oxigenação da pele, o que a deixa mais opaca, amarelada, grossa e sem viço.

Ademais, ele favorece a perda de colágeno, o que leva à flacidez e causa rugas ao redor dos lábios e dos olhos.

6. Passe cremes

Entre os produtos mais eficientes para combater a flacidez da pele, estão os cremes à base de manteiga de karité e DMAE. Esse último é uma substância que auxilia na redução da retenção de líquidos nos tecidos, eliminando as toxinas que podem causar a flacidez.

Já a manteiga de karité ajuda a acelerar a produção de colágeno, proteína que proporciona a firmeza da pele. Outra dica é usar o creme de silício, mineral presente no organismo, que, em grandes quantidades, contribui para deixar a pele dura. Assim, utilize os cremes nos locais flácidos, duas vezes ao dia.

7. Mantenha o peso

O efeito sanfona, que ocorre quando se engorda e perde-se peso com frequência, faz com que as fibras elásticas que formam a pele se rompam, provocando estrias e flacidez. Logo, ao emagrecer, é essencial manter os bons hábitos para que o peso permaneça estável e não prejudique a pele.

Quais procedimentos cirúrgicos são indicados?

Abdominoplastia

A abdominoplastia é um procedimento cirúrgico que retira o excesso de gordura e pele, além de auxiliar na recuperação da firmeza dos músculos na região abdominal. Essa cirurgia também é capaz de remover estrias localizadas, pois existe a remoção de pele. Ela é indicada para pessoas que sofrem com a flacidez no abdômen e que já tentaram eliminá-la por meio de dietas, exercícios e outros tratamentos estéticos.

Braquioplastia

A braquioplastia é uma cirurgia plástica que remove a pele em excesso na parte de dentro do braço. É um método muito indicado após grandes perdas de peso, principalmente em pessoas que realizaram a cirurgia bariátrica.

O resultado aparece rápido e o tempo de recuperação não passa de um mês, com os resultados visíveis em, aproximadamente, 3 meses. A cicatriz fica na parte de dentro do braço e o resultado é muito satisfatório para a maioria dos pacientes.

Mamoplastia

A mamoplastia redutora é um procedimento que reduz as mamas quando se encontram em peso e tamanho acima das características anatômicas do tórax. Ela pode ser indicada para pacientes que perderam peso e que apresentam grande quantidade de pele na região. Assim, a técnica remove o excesso de gordura, a pele e o tecido glandular para atingir um tamanho de mama proporcional ao corpo da pessoa.

Como vimos, para eliminar flacidez e excesso de pele, é preciso mudar alguns hábitos. Por isso, mantenha uma alimentação adequada e com a ingestão de verduras, frutas e proteínas; pratique exercícios físicos regularmente; beba muita água e pare de fumar. Além disso, caso essas dicas não façam efeito, procure uma clínica de cirurgia plástica que poderá oferecer os melhores tratamentos para o problema.

Gostou deste conteúdo? Qual a sua estratégia para eliminar flacidez? Deixe um comentário em nosso post e conte para nós!

A realização de cirurgias plásticas está cada vez mais comum, segura e acessível. Por essa razão, cada vez mais pessoas recorrem a um cirurgião plástico para melhorar aspectos que não estão agradando em seus corpos.Powered by Rock Convert
Dr. Lecy Marcondes

DR. Lecy Marcondes

Dr Lecy Marcondes Cabral, Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, Fellow do Colégio Internacional de Cirurgiões, 35 anos de profissão, graduou-se, em 1982, em medicina pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre, em Minas Gerais:

  • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
  • Integra o Corpo Clínico do Hospital e Maternidade São Luiz e do Hospital Israelita Albert Einstein.
  • Pesquisador na área de Cirurgia Plástica
  • Premiado nos Fóruns de Pesquisa do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Autor de capítulos de livros publicados nas áreas de cirurgia e cirurgia plástica.
  • Diretor e Responsável da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica São Paulo.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Navegação