Financiamentos, empréstimos e consórcios para cirurgia plástica: conheça as opções!

Já pensou em fazer um procedimento estético para mudar aquele detalhe que tanto incomoda no seu corpo, mas você esbarrou na questão financeira? Pois é, geralmente essa intervenção tem um valor elevado e não são todas as pessoas que têm poder aquisitivo para pagar à vista. Diante disso, existem meios para transformar seu sonho em realidade, por exemplo, optar pelo financiamento de cirurgia plástica, consórcio ou empréstimo pessoal.

Afinal, a cirurgia pode ser por questões estéticas ou por reconstruções. Independente de qual seja o motivo, é preciso ter recursos, visto que na maioria das vezes os convênios médicos não cobrem esse serviço. Por isso, é necessário pesquisar e verificar qual opção de crédito é mais adequada para seu orçamento. Saiba mais neste artigo a respeito do assunto!

Conheça o financiamento para a cirurgia plástica

O financiamento, geralmente, é uma possibilidade para as pessoas que não podem esperar ou não conseguem economizar dinheiro. Porém, a pressa pode ser devido à saúde, como uma mamoplastia reconstrutora ou porque o indivíduo decidiu e quer ter o corpo que deseja o mais rápido possível.

Logo, o financiamento é uma alternativa proporcionada pelas entidades financeiras, porque é um crédito que será concedido para um fim específico e com comprovação da compra de um produto ou serviço.

Essa modalidade oferece juros menores ao mercado por haver garantias de bem do credor. Mas como funciona? É preciso entrar em contato com um banco, uma financeira ou outro agente financiador para solicitar o valor necessário.

A instituição fará uma avaliação do seu histórico e perfil financeiro, valor do salário, pesquisar se seu nome não consta no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou Serasa, confirmará seus dados com as pessoas que indicar como referência, analisará os bens que tem como garantia etc.

Após esse levantamento, você será aprovado ou não. Se o resultado for positivo deverá assinar os devidos documentos para que o valor seja depositado na sua conta.

Conforme o seu histórico, serão definidos os juros cobrados, bem como a quantidade de parcelas que você vai pagar para quitar a dívida. Fique atento ao contrato e conheça as taxas que são cobradas para comparar as propostas. Verifique sempre o Custo Efetivo Total (CET) do financiamento, pois nele constam os encargos relacionados.

Saiba mais sobre consórcios

Ao fazer um consórcio, você optará por um valor de dinheiro que precisará para a operação. Esse montante é chamado de carta de crédito. Assim, a empresa que administra o consórcio abrirá um grupo de pessoas interessadas em consórcio de serviços direcionado à cirurgia plástica.

Os participantes pagarão um valor mensal por um período determinado em contrato, de um a quatro anos, e a empresa administrará o dinheiro e os sorteios. Mensalmente, uma pessoa será sorteada para receber o recurso investido, porém, ela tem que continuar pagando o consórcio até a última prestação.

Outra alternativa, além do sorteio, são os lances mensais que podem adiantar a carta de crédito, pois quem der mais dinheiro leva a carta, como um leilão. Há, ainda, o lance do participante que adiantou mais parcelas que são diferentes dos outros componentes, assim como os prazos.

As parcelas do consórcio não têm juros como o empréstimo pessoal e o financiamento, mas a administradora determina uma taxa para sua gestão. Também, há reajuste anual conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que apresenta a variação do custo de vida dos consumidores.

banner clínica integrada de cirurgia plásticaPowered by Rock Convert

No entanto, se você atrasar o pagamento serão cobrados juros e multas. Além disso, se tiver várias parcelas em atraso, você corre o risco de ser excluído do grupo. Se isso acontecer, precisará esperar o final do contrato para retirar o valor pago, descontando a multa.

Contudo, a carta de crédito não é entregue em dinheiro. Para recebê-la, você terá que procurar o seu médico, marcar a cirurgia e avisar a administradora para que ela faça o repasse do valor ao profissional.

Opte, também, pelo empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal é o mais utilizado quando o assunto é cirurgia plástica, mas para consegui-lo é necessário ter o score alto e o nome não pode estar negativado. Inclusive, existem diversos tipos de empréstimos como para estética, home equity, consignado, com penhor etc.

Ele é solicitado em um banco e uma financeira com ou sem garantia. Dependendo da modalidade, o interessado escolhe o valor que pode ser de R$ 3 mil a R$ 100 mil com prazos que vão de 12 meses até mais. Além disso, suas taxas de juros são variáveis de acordo com a modalidade. Dessa forma, você pode considerar a que melhor atende suas finanças.

Veja dicas para escolher com sabedoria

Conheça algumas dicas que separamos para você fazer a escolha mais acertada.

Verifique a credibilidade e condições da instituição financeira

Pesquise a seriedade das instituições, o número de reclamações, os valores cobrados e os prazos para pagamento. O Banco Central exige que elas informem o CET da operação de crédito para que o consumidor saiba exatamente o que está pagando.

Converse com a clínica

Procure um cirurgião plástico especializado e com equipe qualificada. Questione sobre os resultados reais do seu procedimento, dos riscos existentes e outras informações. A intervenção deve acontecer em um hospital com centro cirúrgico aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Defina as prioridades

Analise até que ponto a plástica é importante para sua qualidade de vida e autoestima. Verifique se o custo dela condiz com sua renda e segurança financeira para que você possa arcar com o pagamento até o final.

Entenda as regras e condições

Dependendo do empréstimo, tire todas as dúvidas sobre as regras do contrato e suas condições de vencimento. Caso não tenha muito conhecimento sobre o assunto, procure um advogado ou mesmo o Procon para ter mais esclarecimento.

Reúna os documentos necessários

Cada instituição financeira exige uma documentação básica, mas há alguns que são comuns a todos como:

  • RG ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e CPF;
  • comprovante de residência, de preferência em nome do solicitante;
  • comprovante de renda como a carteira de trabalho, contrato de trabalho; contrato social da empresa se for proprietário ou sócio; comprovante de microempreendedor individual (MEI) ou de autônomo e declaração do Imposto de Renda mais recente;
  • certidão de nascimento, casamento, divórcio ou de viúvo;
  • dados de outras contas bancárias;
  • holerite ou extrato das contas bancárias dos últimos meses.

Resumindo, no mercado existem diversas possibilidades de financiamento de cirurgia plástica, empréstimo e consórcio. Basta você escolher qual o mais indicado para seu perfil e procurar o cirurgião plástico mais competente para realizar o tão sonhado procedimento.

O que achou das alternativas apresentadas aqui? Comente no post qual considerou mais favorável para fazer a intervenção.

A realização de cirurgias plásticas está cada vez mais comum, segura e acessível. Por essa razão, cada vez mais pessoas recorrem a um cirurgião plástico para melhorar aspectos que não estão agradando em seus corpos.Powered by Rock Convert
Dr. Lecy Marcondes

DR. Lecy Marcondes

Dr Lecy Marcondes Cabral, Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, Fellow do Colégio Internacional de Cirurgiões, 35 anos de profissão, graduou-se, em 1982, em medicina pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre, em Minas Gerais:

  • Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
  • Integra o Corpo Clínico do Hospital e Maternidade São Luiz e do Hospital Israelita Albert Einstein.
  • Pesquisador na área de Cirurgia Plástica
  • Premiado nos Fóruns de Pesquisa do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Autor de capítulos de livros publicados nas áreas de cirurgia e cirurgia plástica.
  • Diretor e Responsável da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica São Paulo.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Navegação